Viver é arriscar-se. Acordar e perceber a infinidade de oportunidades que esperam.

Viver é fazer coisas que realmente ama. Conhecer pessoas que te enriquecem a cada pequeno gesto ou palavra. Aproveitar aquela oportunidade para fazer o bem. Aceitar as diversidades e aprimora-las. Dizer a verdade do fundo do coração, isso vale para sentimentos ou palavras doloridas.

Viver é se conhecer e saber o momento em mudar. Buscar evoluir no acerto ou na falha. Questionar-se sobre o certo ou errado. Parar por algum tempo e refletir sobre suas atitudes. Dormir em uma cama quente em dias de frio, ler um livro e beber algum chá em um dia chuvoso.

Viver é sentir-se livre. Caminhar, correr e sentir o vento batendo em seu rosto. Poder cantar, pular, dançar e não se importar com o que os outros pensam ou falam sobre ti. Deixar os outros viverem, respeitar escolhas e deixá-los livres. Escrever estas palavras com amor. É sorrir, deixar de lado os julgamentos, os preconceitos, indiferente da sua opinião. Não é questão de poder, mas aproveitar cada instante e fazendo tornar-se enriquecedor.

Viver é aproveitar cada momento, abraçar esse curto tempo que temos, cultivando bons sentimentos e fazendo o nosso melhor.